Os Inimigos do Brasil

Classificamos abaixo os Inimigos do Brasil considerando o poder para influenciar as variáveis de geração de riqueza e distribuição de renda:

  1. Paulo Guedes e Jair Bolsonaro
  2. Roberto Campos Neto
  3. Copom: Carlos Viana de Carvalho, Carolina de Assis Barros, Maurício Costa de Moura, Otávio Ribeiro Damaso, Paulo Sérgio Neves de Souza, Reinaldo Le Grazie, Sidnei Corrêa Marques e Tiago Couto Berriel.
  4. Febraban
  5. FakeMídia: Folha, Globo, #EleNão etc. (protegem o status quo e liberdades sem responsabilidades; não respeitam meritocracia no ambiente jornalístico, econômico, político e institucional; usam fontes ilícitas de invasão da privacidade de autoridades para questioná-las)
  6. STF: Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski, Dias Toffoli, Alexandre de Moraes, Marco Mello, Celso Mello,
  7. Oligarquia do Agronegócio no Congresso. 236 membros. Valdir Colatto, Alceu Moreira, Evair Vieira de Melo etc.
  8. Oligarquia dos Servidores no Congresso. 304 favoráveis. André Moura, Rôney Nehmer, Rogério Rosso, Leonardo Quintão, Arnaldo Faria de Sá, Valdir Raupp
  9. Oligarquia do Sacerdócio no Congresso. 82 membros. Marco Feliciano, Leonardo Quintão, Sóstenes Cavalcante, João Campos
  10. Família Bozolândia
  11. Instituições não-governamentais: OAB (direitos sem responsabilidades, conflito de interesse), FIESP (desindustrialização e má governança no Sistema S)
  12. Ministério Público: Ivan Cláudio Marx
  13. Deseconomistas:
    • Seita dos Falsos Liberais Rentistas: Henrique Meirelles, Armínio Fraga, Ilan Goldfajn, Marcos Lisboa, Samuel Pessôa, Pérsio Arida, Mendonça de Barros, Affonso Celso Pastore, Márcio Garcia, Gustavo Loyola, Maílson da Nóbrega, Alexandre Schwartsman, Nilson Teixeira, Mário Mesquita, Cristiano Romero, Fábio Alves, Zeina Latif, Celso Ming, Gustavo Franco, Edmar Bacha, Marcos Mendes
    • Ilícitos: Delfim Netto
    • Ineptos: Nelson Barbosa, Luiz Gonzaga Belluzzo, Pedro Passos, Guido Mantega,
  • Inferno (aqueles que ainda precisam assumir a Verdade):
    • Lula (Pixuleco)
    • José Dirceu
    • Michel Temer, Eliseu Lemos Padilha, Wellington Moreira Franco,
    • Dilma (Biruta)
    • Sérgio Cabral (o que não voltou para Portugal)
    • Anthony Garotinho
    • Geraldo Alckmin
    • Eduardo Cunha
    • José Sarney e família
    • Jáder Barbalho, Romero Jucá, Renan Calheiros, Eunício Oliveira, Edison Lobão
    • Aécio Neves, Fernando Collor, José Serra
    • Lindbergh Farias, Kátia Abreu, Zeca do PT, Paulinho da Força, Deise Hoffmann
    • Dyogo Oliveira, Aloysio Nunes Ferreira, Blairo Borges Maggi, Bruno Cavalcanti de Araújo, Gilberto Kassab, Helder Barbalho, Marcos Antônio Pereira