Bem-vindo!

Você quer ajudar na construção de um Brasil com crescimento econômico (10% ao ano) e inclusão social (GINI abaixo de 0,35)? Já fomos um país bastante competente até 1984 (veja na Evolução do Brasil desde 1500). Entenda a Natureza da Vida Humana

No Menu à esquerda temos páginas com conceitos e dados.
Abaixo estão os artigos escritos no blog em ordem cronológica.

Temos trabalho a ser implementado em questões científicas (macroeconomia) e políticas. O caminho científico é muito claro como estabelecido por Smith, Keynes, Friedman e Stiglitz e implementado com sucesso por Singapura e China. As medidas macroeconômicas para gerar crescimento via maximização de demanda agregada são:

  • Câmbio de R$10 (nível de competitividade econômica internacional)
  • Juro de Zero (taxa neutra para expandir base monetária buscando pleno emprego)
  • Impostos nas exportações de commodities agrícolas e minerais (fim da lei kandir)
  • Investimentos em infra-estrutura social de R$2 trilhões nos próximos 10 anos (moradia, educação/EAD, internet e mobilidade/transporte)
    Plano Keynes – Brasil 2050
  • Obrigatoriedade de poupança fiscal mínima de 4% do PIB sem amarras constitucionais.

O caminho político envolve o tratamento dos incentivos para minimizar custo do agente e a organização de partidos profissionais:

Este blog procura demonstrar a lógica científica por trás de cada uma das recomendações. Consideramos que a busca da Verdade como feito pela Ciência no Renascimento é fundamental para o Progresso. O que não pode ser questionado é porque não é Verdade. Use seu livre arbítrio e questione Tudo. Nesta busca pela Verdade precisamos ter consciência que enfrentamos 4 obstáculos com interesses próprios que distorcem as informações através de influência no Congresso, nas Instituições de Ensino e na Mídia. Isto não aconteceria se respeitássemos o princípio de não decidir ou influenciar decisões em situação de conflito de interesse nas questões nacionais.

  • Oligarquia financeira: manipula taxa de juro no Banco Central
    Desrespeito às melhores práticas internacionais desenvolvidas por Smith, Keynes e Friedman; Sistema Financeiro Ilícito; Depressão econômica induzida e voluntária (Brasil Macro 1996-2018)
  • Oligarquia do agronegócio: isenta impostos nas exportações de seus produtos o que gera doença holandesa no câmbio e desindustrializa o país
  • Oligarquia dos servidores: exagera as remunerações e os direitos
  • Oligarquia do sacerdócio: isenta impostos em negócio lucrativo, manipula ilicitamente mundo espiritual para ganho no mundo material (o que Deus acha das igrejas não contribuírem para a evolução social das comunidades onde atuam?)

O objetivo da Ciência Econômica é gerar riqueza com inclusão social. O conhecimento desenvolvido pela Humanidade demonstra que a gestão da alocação de recursos através de Planejamento Governamental (demanda agregada e infraestrutura social) com Meritocracia na economia (capitalismo) e na definição de líderes públicos Democráticos* são a fórmula do sucesso. Temos 211 milhões de cérebros no Brasil – que são nossos principais recursos – muito mal aproveitados (emprego, educação e saúde).

Somos sócios neste país. Reflita sobre nossos pontos e argumentos. Use lógica e bom senso da teoria econômica. O voo de galinha de 1% ao ano em PIB/cap desde 1980 é consequência da gestão macro-econômica. Continuamos em ambiente negativo com o desastre social se ampliando (desemprego de 14%, queda de salários, desalento e violência) em país que já tem uma das piores concentrações de renda do mundo. Chega de miséria. Vamos evoluir nossa comunidade mudando este jogo.

Seja responsável pelo futuro de nosso país e participe tomando iniciativas em sua comunidade.

Orçamento Socialmente Responsável com 3 medidas-chave para maximizar a demanda agregada e retomar pleno emprego com industrialização:

Resumo Geral do blog: BR-Macro para Crescimento Inclusivo

*Democráticos significa fazer o bem para a maioria, seja através de eleição com sufrágio universal (EUA e todos os países desenvolvidos.) ou com amostra significativa de boas cabeças do país (China – 90 milhões de membros do Partido Comunista).

Proclamação da República Lula Janja

Há duas semanas retornamos à República, voltando do Brasil Colônia de 1% de crescimento ao ano. Interessante como competência e taxa de crescimento andam juntas. Bozo e sua equipe não conseguiram nem atingir Brasil Império de 2% de crescimento ao ano. Foi um período de muita escuridão, mas acabou completamente.

Equipe de governo indo muito bem, recrutando profissionais de primeira linha para a transição, com muitos talentos brasileiros sendo inclusos nas várias áreas. Meritocracia finalmente voltando ao comando do país. Alckmin atuando com maestria dentro dos valores do PT e dos demais partidos da base de governo.

Muito impressionante também a entrevista de Janja ao Fantástico. Simpatia e Harmonia. Ficou clara a parceria Lula Janja de tal forma que este governo não deve ser chamado de Lula 3. Deve ser Lula Janja. Um casal que juntou competências para fazermos uma transformação econômica e social que nunca vimos antes. Talvez um Milagre Brasileiro 2.

Com o muito bem vindo silêncio do Bozo, o país vai voltando à normalidade. Lula Janja no Egito dando um show de retorno à comunidade internacional com comprometimento na preservação da natureza, eliminação da fome e apoiando a formação da Opec das Florestas com Congo e Indonésia.

Muitas notícias boas mas uma preocupação com a Área de Planejamento e com três membros problemáticos na equipe de transição: Persio Arida, Nelson Barbosa e Guido Mantega.

A Área de Planejamento precisa ser o cérebro do Governo, ou seja, criar um Visão de País para os próximos 30-50 anos e definir os projetos que vão gerar taxas de crescimento de 5-10% ao ano com maximização de emprego, renda e inclusão social. Da maneira como foi definida a Área de Planejamento parece estar voltando a ser como antes: gestão de planilha para distribuição de recursos entre os políticos que apoiam o governo. Temos que mudar isto e o melhor executivo para esta área seria provavelmente o próprio Alckmin.

O mercado financeiro está escandaloso com a questão da responsabilidade fiscal. Juro atual de 13,75% com dívida de R$5,7 trilhões, representa R$784 bilhões de despesas financeiras. Com inflação de 4% e desemprego de 9%, taxa neutra honesta está por volta de 2,5% ao ano. Se colocarmos a selic nesta taxa a despesa financeira cai para R$142B gerando R$642B de aumento de poupança fiscal. Se imaginarmos que a queda do juro também diminui o custo do crédito e aumenta a demanda agregada, deveremos ter mais uns R$300B de aumento de arrecadação, totalizando um aumento de poupança fiscal de quase R$1 trilhão: Não vão faltar recursos para investimento sociais, mas precisamos garantir que Lara Resende faça seu trabalho.

Esta despesa extra com juro hoje daria para pagar um salário mínimo por mês para 44 milhões de brasileiros e o argumento deles de ter juro alto é para proteger o pobre da inflação. Muita ideologia e falácia.

Persio Arida é banqueiro, BTG, falso liberal rentista, vai fazer de tudo para manter a ideologia de juro para combater inflação e nos manter em vôo de galinha como fizeram desde o Plano Real (1997). Não podemos deixar esta contaminação prejudicar o projeto Lula Janja.

Nelson Barbosa e Guido Mantega são os dois ineptos que colocaram o Brasil em depressão ao deixarem o juro subir a partir de 2013. Podem atrapalhar o esforço do Lara Resende ao se alinharem ao Arida.

Esperança em Lula Janja: 2023 com pelo menos 5% de crescimento e queda no desemprego

Brasil dividido. Lula ganhou com 1,8% de vantagem, concorrendo contra todas as oligarquias negativas do país: financeira, agronegócio, sacerdócio e servidores. E o caixa do governo. Bozo gastou uns R$60 bilhões para comprar votos tirando impostos dos combustíveis e lançando Auxílio Brasil de R$600.

A prisão, a perda de reputação e o trabalho que a Janja fez nele criou um novo Líder, fortalecendo os pontos fortes e eliminando os pontos fracos.

Todos os elementos da campanha e do programa de governo do Lula são positivos para a economia e o país.

  • Foco em Emprego e Educação, ou seja, nos cérebros dos brasileiros. Este é o caminho básico da estratégia asiática de Singapura e China.
  • Equipe de governo com vários craques entre eles Haddad, Alckmin, Simone, Dino e Lara Resende.
  • Recepção internacional da China, EUA, França, Alemanha, Noruega e vários outros
  • Estado Laico, isolando interferência do sacerdócio. Gleise enviou mensagem cômica para o Edir Macedo…
  • Independência do empresariado. Com o orçamento público financiando a campanha, houve muito menos influência do empresariado, principalmente do setor financeiro.

Lara Resende é o melhor economista do Brasil. Cérebro do Plano Real, e distanciado da equipe rentista que está dentro de várias instituições financeiras nacionais e internacionais (A Seita dos Falsos Liberais Rentistas). Lara Resende sabe o dano que a manipulação do juro fez no Brasil após o Plano Real. Ao reduzir o juro para patamar civilizado, taxa neutra de 2-3%, a demanda agregada vai aumentar com crédito mais barato, a arrecadação do governo vai subir e, com a redução das despesas financeiras, os investimentos públicos vão se multiplicar com uma agenda social: moradia, educação, mobilidade, saúde e infra-estrutura.

Alckmin é um excelente gestor da microeconomia, político, médico, bem organizado e com agenda social, chamado de Santo pela Odebrecht, tem vários elementos de ser um dos melhores servidores públicos do país.

Haddad, advogado e economista pela USP, foi um excelente gestor público na prefeitura de São Paulo, no Ministério da Educação e em vários órgãos de planejamento.

Simone, advogada, senadora, ex-prefeita de Três Lagoas, ex-governadora do Mato Grosso do Sul, fez uma excelente campanha presidencial, e tem uma carreira de gestora pública fora-de-série por onde passa.

Dino, advogado, juiz federal, ex-governador do Maranh˜ão por dois mandatos, fez seu sucessor agora em 2022, eleito Senador, livrou o Maranhão do Clã Sarney.

Algumas recomendações macroeconômicas para acertar os incentivos:

  1. Torne o governo independente do empresariado financeiramente. Institua sistema de remuneração mais competitivo que setor privado com bônus de participação nos resultados bem agressivo (executivo e legislativo); isto minimizará o custo de agente e as ilicitudes do sistema
  2. Leve taxa de juro para nível neutro que maximiza emprego de 2-3% nominal
  3. Cancele a Lei Kandir. Tribute exportações de commodities agrícolas e minerais para eliminar efeito de doença holandesa no câmbio que desindustrializa o país. Nosso câmbio de nível de competitividade econômica internacional é acima de R$10. O efeito da redução do juro e da tributação das exportações terá um enorme impacto tributário extremamente benéfico para financiar os investimentos sociais que necessitamos.
  4. Planeje investimentos de R$10-20 trilhões para os próximos 4-12 anos em
    • moradia (eliminar todas as favelas e moradias indecentes do país)
    • educação (presencial e a distância)
    • comunicação (internet para todos)
    • mobilidade pública (metro, trens, ônibus) e privada (taxi, motos, bicicletas e patinetes) – restrinja veículos individuais em grandes cidades
    • infra-estrutura (energia, saneamento, saúde)

Fomos salvos do Fascismo por um Nordestino através dos votos do Nordeste e da cidade de São Paulo. Que vergonha seria este país se só tivéssemos o Sudeste, o Sul e o Centro-Oeste?

Em até 6 meses de seu governo com o impacto no dia a dia dos brasileiros Lula vai reconquistar sua popularidade e unir a maioria do país.

 

 

Orientação para o Brasil: Progresso da Ásia (Singapura e China)

Com o objetivo de criar um país melhor para nossos filhos devemos olhar para a Ásia, não para o Ocidente como estamos acostumados devido a nossa colonização. A dificuldade de aprender sobre a Ásia não está só na linguagem, mas também nas distorções que a mídia ocidental cria em tudo que vem da Ásia, na maioria das vezes de maneira negativa (BBC, New York Times, The Washington Post etc.).

O fenômeno mais relevante na Ásia ocorreu em Singapura através da liderança de Lee Kuan Yew. Dois vídeos permitem entender o Homem:

Durante invasão japonesa de Singapura, LKY viu os japoneses fuzilarem seus amigos mais inteligentes na praia, para evitar que eles criassem problemas. Após a guerra foi para a Inglaterra estudar direito em Cambridge e voltou para Singapura para formar um país Independente. Representante dos trabalhadores, lutou contra os comunistas politicamente, para isolá-los e levar o país por um caminho de progresso e inclusão social sem precedentes na História da Humanidade, indo de país pobre, colonizado, para o país mais desenvolvido do Mundo, em 50 anos, sem qualquer ajuda de recursos naturais que não possuem, pois precisam importar até água da Malásia.

A importância de Singapura (6 milhões de habitantes) fica mais reconhecida quando se percebe que ela influenciou todos os países da Ásia, principalmente a China de Deng Xiaoping (1,4 bilhões de habitantes), que abandonou o comunismo em `1978 para seguir o caminho de capitalismo inclusivo (ou comunismo capitalista).

O sucesso de Singapura e China são a principal evidência empírica de que crescimento econômico inclusivo é determinístico, ou seja, basta aplicar os conceitos econômicos (com a lógica matemática de Smith e Keynes) para seguir o mesmo caminho. O grande desafio é alinhar os interesses políticos, que são protegidos por corrupção corporativa, em todos os países do Ocidente incluindo EUA, Reino Unido, Alemanha, França etc. onde os interesses econômicos das grandes empresas são protegidos por leis (lobbies), por governantes (doações de campanha etc.) e pela mídia (propaganda).

A mídia ocidental é punida em Singapura se não deixar o governo ter direito de resposta na capa do jornal caso publique algum artigo com informações falsas.

LKY era um Homem de extrema Coragem, advogado, político, eleito e reeleito pelo povo de Singapura inúmeras vezes até se retirar e passar a liderança para a segunda geração. A qualidade de todos cidadãos de Singapura, quando comparados a outros cidadãos do mundo, é de chamar a atenção. Abaixo algumas das mentes brilhantes de Singapura sobre temas de interesse da atualidade:

Outros vídeos interessantes sobre a Ásia:

Vote com ConsCiência, não com Ideologia

O processo democrático pelo qual estamos passando está muito construtivo e nosso desafio é muito grande. Ambas opções não são perfeitas e temos que buscar a Menos Pior mais uma vez, desde a redemocratização. É um processo de aprendizado. Cada cidadão deve buscar o que é melhor para ele, levando em conta sua consCiência que, como a própria palavra indica, usa método científico nas decisões. As Leis Naturais são Progresso, Meritocracia e Inclusão Social. Maximizando estas variáveis estamos maximizando nossa satisfação nesta Vida.

Quando lidamos com ideologia, como religiões e mesmo liberalismo econômico, as decisões são tomadas com variáveis obscuras como Fé (não questione, ore! opa, se não pode questionar é porque não é Verdade) ou Combate à Inflação com Juro Alto (os países de maior sucesso econômico no mundo cresceram a taxas de 5-14% ao ano com inflações de até 30% ao ano). E estas crenças são espalhadas por pessoas em conflito de interesse: sacerdotes arrecadando dízimo e banqueiros arrecadando juro. Método Científico exige análises de evidências empíricas por pessoas capacitadas sem conflito de interesse.

Vamos ao Método Científico para escolher o candidato:

PORQUE NÃO VOTAR EM BOLSONARO MENTECAPTO

  1. Desempenho ruim nos últimos 4 anos: 1% de crescimento de PIB, desemprego alto, queda de renda, falta de harmonia na sociedade
  2. Necessidade de mudança de governo para não deixar raízes ruins se aprofundarem, da mesma forma que fizemos tirando o PT do Lula Pixuleco em 2018.
  3. Desestruturação de nossas Instituições (PGR, STF, STJ, Polícia Federal e Congresso Nacional) para evitar ser punido por crime ou impeachment.
  4. Disseminador de política do ódio, através dos filhos e do Gabinete do Ódio, tratando petistas como se não fossem cidadãos brasileiros iguais a eles. Discriminação de qualquer grupo legítimo não pode ser permitido como princípio básico de Cidadania.
  5. Prática difundida da Rachadinha evidenciada pelo caso Fabrício Queiroz, Micheque e vários outros com investigações interrompidas.
  6. Relacionamento estreito com a milícia como evidenciado nos casos dos assassinatos do Adriano da Nóbrega, e da Marielle Franco. Possui inúmeros vizinhos milicianos e superou Lula em votos em 90% das zonas dominadas por milicianos no Rio de Janeiro. Alinhamento com Bancada da Bala no Congresso para garantir estes interesses ilícitos nas Leis Nacionais.
  7. Sacerdotização do Estado Brasileiro trazendo temas religiosos direto para questões políticas, ao invés de respeitar todas as opções individuais. Sacerdotes que não pagam impostos e possuem inúmeros membros no Congresso para defender seus interesses com dinheiro na cueca e nas bíblias escolares
  8. Submissão ao sistema financeiro elevando juro para 14% em ambiente com deflação há 3 meses
  9. Submissão ao Centrão para não ser impedido. Não governa e comanda o país efetivamente. Desenvolveu o substituto do Mensalão: Orçamento Secreto
  10. Submissão ao Agronegócio que não paga impostos nas exportações e mantém seus interesses no Congresso.
  11. Envolvido com a Maçonaria, instituição obscura, sem transparência em seus métodos e procedimentos, proclama estar envolvida com o Iluminismo apesar de viver na Gruta e na Escuridão, ao invés de Iluminar as pessoas com transparência em seus atos
  12. Comprovadamente Inepto e Mentecapto. Vide comportamento durante a pandemia, incentivando as pessoas a desrespeitarem Higiene, Isolamento, Máscara etc. Mesmo tomando Ivermectina, que combate diretamente o vírus, é necessário usar máscara e isolamento para não transmitir o vírus a outras pessoas que não estão tomando.
  13. Como todo sacerdote, é contra Educação e Iluminação do Povo. Vide o que fez no MEC e no orçamento da Educação no Brasil.
  14. Todas as 5 piores oligarquias do Brasil apoiam o Bolsonaro: Setor Financeiro, Agronegócio, Sacerdócio, Funcionários Públicos e Milícia.

PORQUE VOTAR EM LULA PIXULECO

  1. Única alternativa que temos
  2. Já foi punido indo para prisão e tendo suas ilicitudes expostas para todos os Brasileiros
  3. Teve o segundo melhor desempenho econômico do país desde Ernesto Geisel. 4,1% de crescimento médio do país durante seus 8 anos de governo [O primeiro colocado foi Itamar Franco com 5,1%]. 4 vezes melhor do que o do Bolsonaro.
  4. Recorde em inclusão social através do Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida, Ciências Sem Fronteiras, Mais Médicos etc.
  5. Lidera o Único Partido que realmente se preocupa com Miséria (PT)
  6. Foi efetivamente Pobre e tornou-se o maior Líder deste país com 80% de aprovação popular no final de seu mandato e fez sua Herdeira Dilma ganhar sem nunca ter concorrido a um cargo político antes.
  7. Único Presidente Engraçado que tivemos em nossa História.

A Simone, o Pixuleco e o Mentecapto

Tudo indica que 2023 será bem melhor do que 2022 (cresceremos pelo menos 5%), que já foi melhor do que 2019-21 com a perspectiva realista de mudança de governo. 2022 só não está sendo bem melhor porque com a fragilidade deste governo o setor financeiro conseguiu levar o juro para 14% e asfixiar a economia. Apesar disto temos sempre que pensar no longo prazo e analisar as melhores alternativas que temos em mãos. Certo é o que dá certo, não o que parece certo.

O Pixuleco conseguiu nos livrar do Mentecapto fascista. É um fato. É mentiroso, ilícito e sem responsabilidade (joga a culpa nos outros), mas é o Herói do momento. Nem Moro conseguiu nos trazer esta perspectiva. Não reconhecer o mérito das pessoas é tão grave quanto roubar, é fugir da Verdade.

O pior problema deste país é a miséria e a falta de aproveitamento do potencial da metade debaixo da pirâmide social. Cérebros mal aproveitados. O Pixuleco foi quem fez o melhor trabalho neste aspecto nos últimos 50 anos. Foi um trabalho razoável, talvez nota 4/10, mas foi o melhor trabalho se considerarmos a longevidade de seu governo e influência neste período. Isto tanto é Verdade que ele está liderando em votos, mesmo sendo ilícito, e tendo toda a máquina do governo trabalhando contra ele.

Ouçam a vontade popular, o voto, como a Verdade mais legítima da comunidade Brasileira.

Neste contexto de Pixuleco que nos livrou do Mentecapto Fascista, qual o melhor voto no primeiro turno? Simone Tebet. Mulher inteligente (advogada e política) com experiência no Executivo (prefeita e governadora) e no Legislativo (senadora), em posições de liderança enfrentando adversidades sem quebrar a máquina. Sabe fazer a navegação política e o certo que dá certo, não o que parece certo. Muito pouco conhecida porque vem de um estado com 3 milhões de habitantes (Mato Grosso do Sul) mas também tem a menor rejeição entre os candidatos e maior potencial de crescer nesta candidatura até a eleição.

Simone vai sem dúvidas influenciar o futuro deste país e quanto mais apoio dermos agora maior será sua influência no governo do Pixuleco. O governo do Pixuleco precisará ser contido com uma oposição inteligente como a do Moro e de outros membros da Lava Jato, e precisará ter influências positivas da Simone na política e do Ciro na educação e na economia.

Lula Robin Hood

Quem iria imaginar que seria o Lula que iria nos salvar do Fascismo. Nosso Exército nunca havia deixado candidatos fascistas assumirem o governo (seja de direita ou de esquerda). No caso do Bolsonaro deixou ele assumir e de certa forma o apoiou durante todo o desastre da pandemia, como se o Lula fosse realmente o maior inimigo do Brasil. Tinham Poder para proteger o Brasil com o legado do Espírito Tenentista e não o fizeram. Estão Covardes desde 1985.

Inquestionável que Lula é Ladrão e participou do esquema de corrupção mais bem elaborado que o Brasil já teve. Contudo não fez isto por causa de ser simplesmente um mau caráter, ou por ser pior do que nós nos achamos ser, mas fez isto por ser um brasileiro comum. Atirar a pedra nele é como atirar na Madalena. A Folha fez um documentário de Presidente da Semana sobre o Lula que é bastante transparente, com ele mesmo assumindo logo ao ser eleito Presidente (no final do podcast) que seria difícil mudar a máquina que funcionava no país.

Corrupção não é empecilho ao desenvolvimento, apesar dos liberais ideológicos, que não usam método científico, afirmarem isto. Certo é o que dá certo, não o que parece certo. A China, país de maior sucesso em crescimento econômico da História, era extremamente corrupta na década de 1980-90, logo após sair do Comunismo de Marx. Hoje é muito possível afirmar que é menos corrupta do que países desenvolvidos do Ocidente, uma das evidências é o desempenho na covid. Analisando também os índices de corrupção, como o da Transparência Internacional, observa-se que concentram a corrupção nas entidades de governo, menosprezando a corrupção privada, feita através de lobbies, pelas empresas em cima do governo e da mídia. A pandemia deixou isto evidente.

Os governos e as mídias ocidentais não divulgam o sucesso de tratamentos em países como Índia, Bangladesh, Egito, Nigéria e vários outros da África que usam medicamentos genéricos e já estão livres da pandemia. A mídia ocidental, que vive da propaganda das empresas, só divulga notícias favoráveis a seus clientes. Censuram o que não lhes convém, e ainda pedem liberdade de imprensa. Direitos sem responsabilidades. Não é aceito em Singapura e nem na China.

Vamos diminuir o problema da corrupção com o tempo, melhorando nossas instituições e forçando mais transparência para controlar o interesse próprio de nossos agentes. Os países desenvolvidos não diminuíram a corrupção para enriquecer, a diminuição da corrupção foi consequência e não causa do enriquecimento.

Em uma avaliação econômica e social, Lula foi o segundo melhor presidente que tivemos desde Geisel. O primeiro foi o Itamar, responsável por implantar a responsabilidade fiscal trazida pelo Plano Real, e atingiu crescimento de 5,1% ao ano com foco na geração de empregos. FHC, que foi quem acabou levando a fama, foi quem ajudou a afundar o Brasil entregando o BC para os bancos e possibilitando a reeleição. Uma catástrofe liderada pelo príncipe.

Diferente de Itamar, Lula fez o Brasil crescer 4,1% ao ano, diminuiu o desemprego fortemente, melhorou distribuição de renda, e levou combate à miséria para Política de Governo. Chegou a 80% de aprovação popular. Recorde nacional. Merece com certeza R$1 bilhão por este desempenho. Roubou, mas merecia. Todos os demais (exceto Itamar) roubaram, mas não mereciam. Destruíram mais valor do que criaram.

Lula é o único Brasileiro com poder para reorganizar nosso governo para sairmos deste Fascismo. Os primeiros passos com valorização do Haddad e do Alckmin já indicam que vai no bom caminho.

Nosso problema de corrupção vai muito além do ambiente político. A Febraban corrompe o Banco Central para impor taxas de juro absurdas o que já gerou mais de R$30 trilhões de perdas de PIB desde 1997. O agronegócio é isento de impostos nas exportações devido a lobby no Congresso. As igrejas são isentas de tributos devido a lobby no Congresso. Os jornais pedem liberdade de imprensa mas não divulgam informações relevantes que vão contra seus interesses. Não sejamos ingênuos para condenar só a corrupção dos políticos que é a única que aparece nos jornais privados.

46 Milhões de Empregos ou 13,25% de Juro

EUA onde a missão do FED é maximizar emprego e renda para os americanos está com taxa de juro neutra honesta de 1,6%, inflação de 9,1% e desemprego em 3,6%. No Brasil o BC coloca juro em 13,25% ante inflação de 12% e desemprego em 10%.

Se aplicássemos a taxa de juro dos EUA no Brasil, onde temos dívida pública de R$5,7 trilhões, reduziríamos a despesa com juro de R$755 bilhões por ano para R$91 bilhões, economizando R$664 bilhões por ano. Valor que possibilita pagar um salário mínimo por mês para 46 milhões de brasileiros. Ou a renda média de R$2,6 mil por mês para 21 milhões de brasileiros.

Enquanto a despesa com juro deprime a demanda agregada, reduz a arrecadação tributária e aumenta a despesa financeira com efeito duplo no déficit do governo, os 21 a 46 milhões de brasileiros empregados com estes recursos construiriam inúmeros projetos de infra-estrutura e prestariam inúmeros serviços de valor agregado na economia, além de consumirem produtos e serviços com seus salários.

Economia é Ciência Exata desenvolvida por dois matemáticos de sobrenomes Smith e Keynes. A lógica acima é muito simples. A ideologia liberal, que se recusa a usar método científico para validar seus argumentos, é contra esta lógica e apresenta inúmeras razões para ser contra. Quando há conflito de interesse nas análises não há método científico, há ideologia. A mesma linha que defende a criação do mundo via Adão e Eva,  o uso de juro para combater inflação, a isenção tributária para templos materialistas, a isenção tributária na exportação de commodities (gerando doença holandesa), a inexistência de medicamento para tratar vírus e a ineficiência da Economia Chinesa por causa do Partido Comunista… A Política, que decide se aplica ou não as regras da Economia, é ciência humana.

Até um liberal monetarista, seguidor de Friedman, diria que em ambiente recessivo, com desemprego de 10%, aplicaria uma política de expansionismo monetário, reduzindo juro. Não é o que acontece por aqui.

Viver esta vida sem usar método científico e transparência para lidar com o interesse próprio dos seres humanos é entregar as ovelhas para os lobos. Precisamos parar de fazer isto.

Harmonia no Brasil 2022

O Brasil está no pior momento de sua História Republicana (1889-2022), com desempenho similar ao da época de Brasil Império (1822-88), quase tão ruim quanto Brasil Colônia (1500-1822). A métrica é o crescimento do PIB (A Evolução do Brasil). Não há como um ser humano consciente estar satisfeito com esta situação. Falhamos nas 3 Leis Naturais: Progresso, Meritocracia e Inclusão Social.

As Leis Naturais são evidências da evolução da vida e do universo. Há 14 bilhões de anos saímos de um próton para todos este universo de matéria e consciência. Há 2 bilhões de anos formamos a primeira célula e hoje temos este planeta repleto de vida. Ano após ano progredimos, sempre melhorando. Progresso.

Esta evolução sempre seguiu a Meritocracia com o ser ou variedade viva de melhor desempenho progredindo mais rápido que os demais. E na evolução humana passamos de reinados e tiranias para repúblicas e democracia. Em um processo envolvendo método científico e transparência para Incluir de maneira crescente o potencial dos seres humanos na contribuição para evolução da Vida.

Nesta evolução da Inclusão, o próximo passo que descobrimos foi o da Harmonia, superior ao da Democracia. Na Democracia, onde se procura fazer o melhor para a maioria, há espaço para o fascismo como observamos nos EUA (Trump), na Alemanha (Hitler), na Itália (Mussolini), em Israel (contra palestinos) e no Brasil (Bozo) e em qualquer outra democracia do mundo. É permitido fazer o melhor para a maioria em detrimento dos interesses legítimos de várias minorias. Isto não é permitido no conceito de Harmonia de Singapura e China.

Harmonia não permite Miséria, Desemprego, Censura de opinião, Discriminação contra a diversidade de pensamento, religião, raça, sexualidade etc.

Há um consenso em nossas consciências sobre a necessidade da Harmonia. Como procurá-la em nosso contexto brasileiro?

Na política envolve o lema Prefiro Lula Ladrão do que Bozo Burro. Não há dúvidas sobre as ilicitudes de Lula ou sobre a inépcia do Bolsonaro. E nem que Lula teve desempenho muito melhor nas Leis Naturais. Apesar de discordar dos métodos do PT, se não fosse Lula hoje correríamos o risco de ter que engolir um segundo mandato fascista do Bolsonaro.

Tenho esperança que Lula tenha aprendido a lição (Lula e a Felicidade de deus (2006)) e que possamos transformar o PT, ou uma fusão do PT com outros partidos, em um Partido dos Brasileiros, como o People Action Party (PAP) de Singapura ou o Comunista Chinês. Lula já deu alguns passos de mestre colocando o Alckmin de vice e a possível indicação de Haddad para presidência ou Ministro da Economia.

Considerando o conceito de Harmonia, precisamos unir todas nossas melhores competências nas diversas áreas em torno de um Bem comum. Nenhum partido nacional tem o comprometimento social do PT, que colocou eliminação da Miséria como propósito principal. Não souberam executar o plano com competência, mas tinham a intenção e fizeram bastante progresso nesta área (Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida, Ciência sem Fronteiras etc.). Nenhum outro partido nacional tem esta intenção. Só palavras. Mesmo o Moro, sem dúvidas um Herói Nacional, que nos trouxe a esperança de termos um governo mais honesto e equilibrado, quando foi montar sua equipe de governo incluiu economistas do mercado financeiro sem nenhuma visão social. Seu governo talvez fosse uma catástrofe social como o do Bolsonaro.

Vamos parar de perseguir os corruptos e concentrar os esforços em eliminar as causas da corrupção. Interesse próprio que leva à corrupção é parte de nossa natureza humana, precisamos na verdade minimizar o custo do agente através de método científico e transparência. Nos países de sucesso como Singapura e China este processo foi gradual e o fator chave foi criar um governo independente do setor corporativo. Para grande parte dos cargos paga-se melhor no governo do que na iniciativa privada.

Sonho de terceira via morreu. Simone Tebet parece uma boa líder, sabendo navegar em ambientes ilícitos com Harmonia, mas a estrutura de poder está desagregada sem capacidade de acordo e racionalidade. Por incrível que pareça desconstruíram Moro, Doria e Mandetta (que chegaram a ter uns 15% das intenções de voto).

Por Harmonia, sigo a Anitta, Prefiro Lula Ladrão do que Bozo Burro. Este apoio ao Lula precisa ser bem negociado para garantirmos uma evolução do Partido dos Trabalhadores para o Partido dos Brasileiros. Moro deveria participar deste processo e, com um bom acordo, garantir vitória já no Primeiro Turno.

Interesse Próprio e Progresso

Metodo Científico

Interesse próprio, talvez sinônimo de egoísmo, pensar no que é melhor para si mesmo, é uma característica do homo e do homo sapiens que nos diferenciou das demais espécies animais e gerou o enorme progresso que a humanidade conhece.

Menosprezar a existência do interesse próprio, como feito pelo comunismo de Karl Marx, é negar nossa própria existência. A grande questão é como evoluir da melhor maneira possível, considerando o interesse próprio de cada um de nós. Duas questões são fundamentais neste desafio: uso de método científico e transparência.

O uso do Método Científico, que trata de tomar decisões com base em evidências empíricas analisadas através de pessoas sem conflito de interesse, foi a grande ferramenta que nos ajudou a sair da Idade Média durante o Renascimento (VE RI TAS).

A Transparência torna-se necessária exatamente por reconhecermos que as pessoas têm interesses próprios e buscam maximizá-los em detrimento dos interesses da coletividade. Não exigir transparência é ingenuidade. Confiança é sinônimo de previsibilidade e, tendo consciência do interesse próprio do ser humano, precisamos seguir a nota de um dólar (In God We Trust: Só confiamos em Deus).

Em pesquisas sobre macroeconomia ficou muito claro como as oligarquias prejudicam nosso país defendendo seus próprios interesses: financeira no juro, agronegócio e sacerdócio na isenção tributária, servidores públicos em suas remunerações comparadas ao setor privado. Agora na Pandemia, fiquei muito impressionado como todo o sistema de interesse próprio funcionou, mesmo em se tratando de perda de vidas humanas, em todos os países do mundo. Médicos, principais jornais, farmacêuticas, agências do governo, hospitais, todos estes agentes agiram e continuam agindo defendendo seus interesses, há dois anos. Sem método científico e sem transparência.

A tabela abaixo demonstra que só é possível zerar a covid através do uso de anti-virais genéricos como a ivermectina e a hidroxicloroquina (Índia, Bangladesh, Egito e vários outros países da África) (covid19criticalcare) e (ivmmeta). E é sabido também que a insuficiência de vitamina D, outro genérico, é característica na maioria dos pacientes em hospitais por covid (pesquisas em Israel). Todos estes agentes não só esconderam estas informações devido ao conflito de interesse, como também disseminaram informações falsas sobre suas eficácias (hepatotoxicidade, problemas no coração, pesquisas manipuladas para demonstrar ineficácia etc.).

Estes medicamentos genéricos atrapalham a lucratividade de todo este sistema: diminui venda de vacinas, diminui pacientes em hospitais, diminui propagandas em jornais, diminuem o comissionamento de políticos etc. Não foi usado Método Científico nem dado transparência por nenhum deles, nos principais países desenvolvidos do mundo, mas de maneira muito mais intensa no Ocidente.

É incrível como a maioria das pessoas acreditem que não existe tratamento precoce para uma doença viral, e não se tratem até o caso ficar complicado e precisar de hospital. É um posicionamento Inepto, confiando em informações de pessoas em conflito de interesse. Tem muita gente também que acredita em Adão e Eva, terra plana, geocentrismo, deuses, extra-terrestres, bruxaria, sorte etc.

Smith e Keynes eram bastante preocupados em como o setor privado, representado por grandes empresas, tinha poder para capturar os agentes do governo. Nesta pandemia este fenômeno ficou muito claro. Sendo uma lição importante tentar entender melhor o sistema chinês, onde isto se ocorre tem intensidade muito menor do que no ocidente. Precisamos conseguir que o Brasil S.A. seja independente de empresários.

Nossa existência é mais plena quando respeitamos 3 Leis Naturais: Progresso, Meritocracia e Inclusão Social. Como Brasileiros, deixamos de progredir desde 1984. Acumulamos quase 4 décadas perdidas. De 1930 a 1984 crescemos a 5,6% ao ano. Desde 1985 crescemos a 2% ao ano, pior que no Brasil Império. Não respeitamos as Leis Naturais sendo nosso grande problema a gestão do interesse próprio.

Por que os políticos que fazem as leis, não criam Leis que permitem que fiquem ricos sem ter que cometer atos ilícitos? Por exemplo criando um sistema de remuneração similar ao do setor privado com bônus milionários atrelados ao desenvolvimento do país.

No momento nosso país está caminhando para um presidente Ladrão ou outro Fascista. Estamos sendo forçados mais uma vez, durante estes 40 anos, a escolher o “Menos Ruim”. Não vamos sair deste imbróglio enquanto não nos conscientizarmos da importância de aplicarmos método científico e transparência nas principais decisões nacionais.

O caminho do progresso é claro e determinístico como demonstrado por Singapura e China nos últimos 50 anos. Estamos perdendo tempo.

COVID-19JUN22

China: Liderança Mundial por Mérito e com Harmonia.

A humanidade evolui sempre adotando o melhor modelo para uma quantidade maior de pessoas. No início das civilizações tínhamos reis e tiranias (e.g.: Egito, Pérsia). Os filósofos gregos neste contexto criaram o conceito da república e da democracia (500 AC a 100 DC), mas continuamos com reis e tiranias até os EUA implantarem a primeira república com sua independência em 1776. Os europeus foram evoluindo de reinados para repúblicas nos séculos seguintes. E Singapura, seguida pela China, criou uma nova evolução política superior e mais inclusiva do que o modelo ocidental. A evidência empírica do sucesso econômico e social deste modelo é incontestável, mas poucas pessoas no ocidente o entende porque nossa mídia distorce o que realmente acontece por lá. Veja este vídeo sobre Shenzhen (Vale do Silício Chinês). [Ditado Chinês: quer conhecer o passado da China vá para Pequim, China atual está em Shanghai, o futuro está em Shenzhen].

O segredo por trás deste modelo está na maneira como ele utiliza os cérebros da população. Quanto mais inclusivo, quanto maior o número de cérebros engajados neste processo de gestão da comunidade, maior o sucesso. É intuitivo, mas não é o praticado porque os interesses de grupos andam a frente do interesse comum quando há falta de transparência e má governança, comum nos sistemas políticos da maioria dos países.

Em 1965 Singapura iniciou este modelo com o People Action Party, país tem hoje 5,7 milhões de habitantes. Em 1978 a China sai do comunismo marxista e inicia a replicação deste modelo em país que hoje tem 1,4 bilhão de habitantes. Trata-se de um modelo no qual o governo é competente, tem os incentivos corretos para maximizar o bem estar da população e trata diversidade através da priorização da Harmonia.

As evidências empíricas do sucesso podem ser resumidas pela taxa de crescimento de Singapura desde 1965. Hoje é um dos países mais ricos do mundo per capita se considerarmos no PIB só questões relacionadas a conhecimento e tirarmos distorções como commodities (p.ex. petróleo) ou recursos financeiros (p.ex. paraísos fiscais).

A China replicou e melhorou o modelo de Singapura com sua escala de recursos. Além de taxas de crescimento fenomenais desde 1978, o país está presente em todas as tecnologias de ponta, e tem um governo ainda mais independente do setor privado do que Singapura, como evidenciado pela pressão exercida pelo presidente Xi sobre os empresários para eles criarem políticas mais inclusivas para a população a partir do ano passado, e também pelo desempenho no combate à covid. China está com mortalidade de 4 óbitos por milhão de habitantes, enquanto Singapura está com 229, Reino Unido 2.578 e EUA 3.068.

Enquanto os governos do ocidente são capturados pela iniciativa privada através de lobbies e corrupção, este efeito foi minimizado em Singapura desde sua fundação, mas a China conseguiu ir além minimizando ainda mais a influência negativa do modelo capitalista ocidental.

A economia chinesa já é 20% maior do que a dos EUA em US$ em paridade de poder de compra, e cresce a taxas mais rápidas. Seu modelo de gestão econômica e social é mais inteligente e inclusivo. O comunismo versão Karl Marx, inepto, que teve a Revolução Cultural como uma de suas marcas, aprendeu com Singapura e criou um “capitalismo inclusivo” ou “comunismo capitalista“. O comunismo que invadiu a China em 1949 não conseguiu entrar em Singapura devido a liderança marcante de Lee Kuan Yew. Nestes países há um compromisso claro com progresso, emprego, moradia, educação e infra-estrutura para todos.

Adam Smith e John Keynes se preocupavam como os governos poderiam ser corrompidos com os interesses da iniciativa privada, em situações tipo monopólio, e outras onde agentes públicos mal remunerados, tomando decisões de impacto no lucro das empresas, seriam corrompidos influenciados por interesses próprios não alinhados com os da população.

O interesse próprio do setor privado dos EUA e do Reino Unido, países importantes no Ocidente, determinaram a alta mortalidade de covid em seus países (3.068 e 2.578 por milhão de habitantes), privilegiando vacinas emergenciais (mRNA) e medicamentos caros (remdesivir) e impedindo que medicamentos genéricos eficazes como ivermectina fossem usados preventivamente e no tratamento da doença. Índia, Egito, Bangladesh, República Dominicana, Zimbabwe, Nigeria, RDC e vários outros países que usam este medicamento já estão livres da covid segundo dados do worldometers.info e new york times covid. Este interesse próprio das grandes empresas do setor privado está presente no governo, nas agências de saúde (FDA, NIH, CDC, EMA, OMS/WHO etc.) e nas principais mídias devido a seus anunciantes.

Este interesse próprio no setor de saúde também existe no setor bélico e impulsiona o governo dos EUA a criar este contexto de 3a Guerra Mundial com a Rússia, enquanto a China tem uma política mais harmônica, respeitando diversidade de visões de mundo, para evitar conflitos desnecessários e que danificam a evolução da humanidade.

Quando nos defrontamos com situações de Desinformação, como muito praticado pelas religiões, principalmente na Idade Média, precisamos aplicar o Método Científico, ou seja, acreditar em evidências empíricas analisadas por profissionais sem conflito de interesse. Isto não ocorre quando governos, agências, igrejas, hospitais e mídias possuem interesses (financeiros) diferentes do da população em geral.

Covid deveria ter sido uma lição com 6,3 milhões de mortes pelo mundo, mais de 80% evitáveis e concentradas nos países com mais recursos per capita e mais desenvolvidos. Precisamos evitar entrar em uma Terceira Guerra Mundial também por questão de Desinformação. Para isso é fundamental sempre entender a posição da China, sem as distorções típicas de nossa mídia. Não estamos habituados ao conceito de Harmonia.