Capitalismo Honesto traz Progresso Imediato.

Falso liberalismo, comunismo e sacerdócio vendem o conceito de sacrifício para um bem futuro. Vendedores de Promessa. Juro alto para combater inflação, reforma trabalhista, reforma da previdência, reforma tributária, reforma educacional, investimentos em infra-estrutura, só sacrifícios para um dia chegar no paraíso… o País tem que ficar perfeito para poder crescer e gerar empregos? Certo é o que dá certo, não o que parece certo.

Quando são aplicados conceitos macroeconômicos corretos (juro e câmbio) o resultado na economia é imediato porque estes conceitos têm como base a melhoria da projeção do fluxo de caixa dos empresários nacionais, principais agentes do desenvolvimento, da geração de emprego e da arrecadação tributária. As variáveis mais importantes que impactam as decisões dos empresários são taxa de juro e câmbio.

O ignorante aprende rápido, principalmente se demonstrar a humildade de que é ignorante no assunto. O inepto não tem jeito, é fechado ao aprendizado, mistura todos os conceitos, e o resultado na maioria das vezes dá errado. Ignorância não é problema, mas inépcia é problema.

Equipe há 100 dias no governo, mais do que isto envolvidos nos principais problemas da nação e os resultados econômicos, fiscais e sociais até agora são Pífios. Desemprego e miséria aumentaram, perspectiva de crescimento da economia piorou (1,3%), aceitação popular caiu mais de 20% e equipe econômica tem perspectiva de, se todas as reformas forem aprovadas (previdência, fiscal, privatização etc.) deveremos chegar a um crescimento de 4%, o que manterá o desemprego em mais de 10% e a informalidade bem alta nos 4 anos do governo. Caos social para qualquer governo que se diga minimamente democrático. Este caos precisa ser enfrentado com mudança drástica na política macroeconômica.

SuperInepto Tchutchuca Chicago Donkey está queimando o governo Bolsonaro. Cadê a coragem do Tenentismo para empurrar Ordem e Progresso no país? O capitão é ignorante mesmo ou é inepto? A reação de bom senso no caso Petrobras deu esperança de que é ignorante mas tem coragem para enfrentar situações que vão contra o bom senso. Os caminhoneiros são a categoria de empresários brasileiros em maior volume e com melhor formação (muitos tem curso universitário). O capitão deu ouvido a eles.

Agora a patotinha do Leblon tem um plano de negócios para eles evidenciado na coluna da Claudia Safatle no Valor, contudo não se preocupam nem um pouco com um plano de negócios para o Brasil. Na agenda deles têm:

  • Manutenção da alta taxa de juro Selic (comprovado na última reunião do Copom)
  • 67 medidas para destravar o mercado de capitais gerando mais negócios para a Seita (endowment funds, hedge cambial, redução de tributação sobre inadimplência etc.)
  • Cortar financiamentos pelas instituições públicas para transferir aos bancos privados, mantendo o gargalo e as altas taxas de juro
  • Privatizar empresas para gerar caixa para pagar parte da dívida pública
  • Independência do Banco Central (tirando poder do Presidente intervir por questões sociais e políticas; como se ambas fosse irrelevantes e não democráticas)
  • Reforma fiscal

A Independência do Banco Central merece destaque porque é o maior golpe que estão aplicando em cima do Capitão Ignorante. O projeto estabelece direitos para o Banco Central, sem as devidas responsabilidades. Copiam os direitos do exterior, mas nem mencionam as responsabilidades que deveriam vir juntas. Patotinha totalmente desonesta:

  • Missão do FED é maximizar emprego com juro moderado, no Brasil fixaram minimizar inflação
  • Profissionais do FED são completamente independentes de instituições financeiras privadas. Têm carreira no governo ou em instituições de ensino. No Brasil eles vêm de bancos privados (Itaú, Bradesco, Santander…FEBRABAN)
  • Responsabilidade fiduciária e social dos dirigentes quanto aos interesses da população, minimizar juro para maximizar renda e emprego.
  • Responsabilidade fiscal dos dirigentes para minimizar juro maximizando poupança fiscal para investimento em infra-estrutura social

As batalhas contra a corrupção e a previdência vão indo muito bem. Moro já fez o projeto e está lidando agressivamente com o Congresso para avançar nesta agenda. STF Ilícito está sendo encurralado pela mídia e pelos outros poderes. Continuamos com progressos promissores. No caso da previdência também estão fazendo os enfrentamentos possíveis. Não é um assunto simples, deveria poder ser feito com mais calma, mas de uma forma ou de outra há progresso. Contudo estas realizações não impactam muito na satisfação da população tendo em vista a continuidade da frustração econômica.

A batalha que não está acontecendo é a do desemprego. A única esperança que tem aparecido nesta agenda vem com os artigos do André Lara Resende no Valor. André foi o cérebro por trás do Plano Real, no meio de 3 deseconomistas da Seita (Bacha, Franco e Arida). Suas pesquisas estão demonstrando que o juro exagerado desde a implantação do Plano Real detonaram com o país. Ele ficou bastante surpreso com as reações negativas de seus colegas de mercado a suas constatações, todas baseadas em dados concretos. André demonstra conhecimento e postura com responsabilidade fiduciária, social e fiscal para ser o Presidente de Honra do Banco Central. Vejam seu último artigo no Valor Razão e Superstição do Déficit.

O capitão é ignorante ou é inepto? As próximas semanas vão deixar isto claro. Tudo que a equipe do tchutchuca está fazendo vai continuar piorando a situação social. O amor do capitão está com o povo brasileiro, ou com a oligarquia financeira? O passeio de moto no Guarujá me deu esperanças.

Publicado por

Eduardo Giuliani fwzxfbethrggtgggrev

Empresário nos setores de agronegócio, bioenergia, venture capital e imobiliário. Trabalhou como consultor pela McKinsey & Co. e investidor pela Advent International. Iniciou estudos sobre crescimento econômico em 1994 com o Curso National Economic Strategies de Bruce R. Scott na Harvard Business School (Membro do U. S. Competitiveness Policy Council). Cursou System Dynamics no MIT. Liderou trabalho de produtividade em Telecomunicações e Construção no McKinsey Global Institute. Engenheiro de Produção pela Escola Politécnica da USP. MBA pela Harvard Business School. Tenente da Reserva do Exército. Casado. Três filhos. Tri-atleta.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s