Brasileiros: Mais Coragem e Menos Egoísmo!

A vida é uma experiência maravilhosa e já tivemos inúmeras pessoas iluminadas que nos demonstraram isto, entre eles Akhenaton, Moisés, Buda, Sócrates, Jesus, Da Vinci, Lincoln, Keynes e Lee Kuan Yew.

O Brasil é um país incrível, de 1930 a 1984 saímos de uma grande fazenda de café com leite para nos tornamos um país semi-industrializado. Tivemos crescimento padrão Singapura/China durante o “Milagre” Brasileiro construído e liderado por nossos heróis Costa e Silva e Médici. Desenvolvimento impulsionado pelos valores do Tenentismo de Hermes da Fonseca. Espírito compartilhado no Exército que combate oligarquias para garantir a preponderância do Interesse Nacional, ou seja, o Bem para Todos os brasileiros.

O que aconteceu conosco? Como faço parte da pior geração de brasileiros que este país já teve? Egoísmo. Interesse próprio acima do interesse coletivo. Faz parte da Natureza Humana. O interesse próprio é a característica do homo sapiens que o fez destacar-se entre as demais espécies do planeta. Capacidade de planejamento e proteção do interesse próprio para garantir a evolução. Contudo, ao ouvirmos nossa consciência, aprendemos que o interesse coletivo é mais importante que o interesse próprio para que tenhamos uma vida mais harmônica e feliz. In God We Trust, ou seja, podemos confiar no interesse coletivo (god), mas não no interesse individual (interesse próprio).

Quando o Exército abandonou o barco em 1985, o Brasil perdeu a noção de interesse coletivo. Construímos uma carta sem vergonha, totalmente focada no interesse de grupos isolados, em detrimento do interesse coletivo. Direitos, sem responsabilidades. Quando os EUA desenvolveram sua Constituição em 1776 o conceito era: só traga para a mesa sua segunda melhor opção, nunca a primeira. No Brasil cada grupo levou sua primeira, e pos na cartinha.

Resumindo os principais absurdos que vemos em nossa comunidade:

  1. Oligarquia financeira define a taxa de juro no Brasil. Já causaram R$25 trilhões de perdas ao país desde 1997. EUA está com taxa zero que deve ser mantida por mais 1-2 anos, enquanto aqui que já estava em 2%, está subindo rapidamente para 6,5%, apesar de mais de 15% de desemprego e nenhuma razão científica.
  2. Oligarquia do agronegócio impôs a Lei Kandir que os isenta de impostos na exportação de commodities agrícolas e minerais. Mais um absurdo macroeconômica e de concentração de renda, criando efeito de doença holandesa, desequilíbrio fiscal, desindustrialização, redução de empregos qualificados e detonação de nossa infra-estrutura de exportação (despesas não cobertas por receitas tributárias).
  3. Oligarquia dos servidores garante remuneração e benefícios maiores do que do setor privado sem o desempenho equivalente
  4. Oligarquia do sacerdócio é isenta de impostos, mantendo congressistas para defender seus interesses, e garantindo o funcionamento dos cultos para arrecadar fundos apesar dos fiéis morrerem se contaminando com covid.
  5. Oligarquias da saúde e da mídia escondendo as evidências científicas da ivermectina para continuarem com alta lucratividade enquanto brasileiros Morrem.
  6. Principais e maiores empresários do Brasil envolvidos em grandes operações ilícitas descobertas pela Lava Jato, enquanto Moro tinha um papel relevante.
  7. Exército completamente Covarde, deixando um genocida, inepto, ilícito e mau caráter no comando do país. Nossas Constituições sempre deram o poder de Armas para o Exército para garantir que intervenham em qualquer sinal de falta de respeito ao Interesse Nacional. Nosso espírito Tenentista manteve isto até 1984. Está na Alma desta Instituição. Foi assim que nos treinaram. Abaixamos a cabeça como Covardes. Insuportável.

Esta pandemia serviu de importante momento para reflexão. Valores do Ocidente contra Valores do Oriente. Enquanto a mídia do Oriente é controlada por um governo com consciência social, comprometido com o Bem Coletivo, evidenciado em Singapura e China pelos baixos índices de mortalidade por covid, a mídia do Ocidente, que se diz transparente, esconde os resultados científicos da ivermectina, deixando seus leitores morrerem por interesses econômicos. A Australia, sem vacina, zerou mortes de covid desde outubro 2020. A Índia (22% doses/habitante) está com índice de mortalidade inferior ao dos EUA (97% doses/habitante).

As oligarquias vão todas muito bem enquanto o barco Brasil afunda. Ficamos Covardes. Não foi com este objetivo que viemos para esta vida. Nosso livre arbítrio e consciência permitem que tomemos a direção que mais nos interessa. O Bem Coletivo. Progresso com inclusão social.

Quando vamos voltar a respeitar o conceito de Deus e impor o Bem Coletivo como fundamental para nossa contínua Evolução que começou há 14 bilhões de anos?

Publicado por

Eduardo Giuliani

Edu é empresário nos setores de agronegócio, bioenergia, venture capital e imobiliário. Trabalhou como consultor pela McKinsey & Co. (1991-97) e investidor pela Advent International (1998-99). Iniciou estudos sobre crescimento econômico em 1994 com o Curso National Economic Strategies de Bruce R. Scott na Harvard Business School (Membro do U.S. Competitiveness Policy Council). Cursou System Dynamics no MIT (1994). Liderou trabalho de produtividade em Telecomunicações e Construção no McKinsey Global Institute (1997). Engenheiro de Produção pela Escola Politécnica da USP (1989). MBA pela Harvard Business School (1995). Tenente da Reserva do Exército (1985). Casado. Três filhos. Tri-atleta.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s