A Renúncia do Bozo

O Mito cumpriu sua missão e tirou os principais ilícitos do poder. Missão de herói nacional cumprida, merece uma medalha, obrigado. O problema agora é outro: desemprego. O Bozo não possui o menor preparo e nível de competência para executar esta nova missão. Considerando perspectiva de Meritocracia militar, precisamos troca-lo.

Historicamente o comando de nossas Forças Armadas deveriam forçar sua renúncia. Não aceitam gente despreparada para comandar o país. Caso de Deodoro da Fonseca, Artur Bernardes, Júlio Prestes, GV em dois contextos (1945 e 1952), Carlos Lacerda e outros liberais que não queriam a posse de JK, João Goulart e indiretamente Castello Branco em 1967. Infelizmente a partir de 1985 abandonaram esta postura e tivemos a Constituição de 88 (de direitos sem responsabilidades) e a fase de Democracia Imperial (1985-2018) com crescimento pífio de menos de 2,5%, pior que Brasil Império, com políticos e empresários corruptos detonando com a economia nacional. Presidentes completamente despreparados, exceto Itamar Franco que fez o Brasil crescer 5,4% ao ano e garantiu condições honestas de controle orçamentário para implantação do Plano Real.

Nossa situação social agora é dramática para quem não é avestruz: 13% de desemprego, violência ascendente, insolvência da situação fiscal dos governos federais e estaduais, cortes de verba em educação e saúde, 6 membros completamente ilícitos no STF ajustando as regras para fortalecimento de Impunidade, oligarquia financeira dominando a agenda econômica protegendo interesse dos bancos e aumentando o desemprego etc.

Neste contexto social o presidente Bozo é uma total variável aleatória: assume posições ideológicas ineptas na área econômica (liberalismo submisso), na área de discriminação de minorias (homossexuais), na área ambiental (desrespeitando efeito estufa), na área social (petistas), na área do 4o poder (mídia Folha e Globo), na área militar (ciúme do Cacique Mourão), na área astrológica e filosófica (Olavo do @), na área familiar (Bozolândia), na área do Sacerdócio (passaporte diplomático?), na área de milícias (Eduardo, Queiroz e Cia), na área de Laranjais (PSL, Flávio e Carluxo etc.), na área internacional (Simpson Trump???, boicote em NYC, Eduardo vs. Araújo). Típico inepto que tenta apagar fogo com gasolina.

30 anos no Congresso não ajudaram a formar valores e competência para comandar a nação. Aproveitou a onda do anti-petismo, como o Collor aproveitou a onda anti-marajás, para chegar ao pódio. Sua aprovação popular já está desabando, não entrega o Brasil Acima de Tudo, pois está bem abaixo de seu Ego e de seu clã, e está deixando o país em situação de falta de governabilidade, com o Pixuleco falando de livros de dentro da prisão, e o Bozo de armas nas mãos de políticos e advogados.

Nossa comunidade não tem fôlego para mais uma desilusão. Não tivemos líderes até hoje que renunciassem voluntariamente em nome da Honra e do Bem para a maioria do povo brasileiro. A Biruta, O Ilícito, Artur Bernardes, Collor resistiram até as últimas horas gerando R$trilhões de prejuízos ao país. O Ego sempre pesou mais forte. GV por outro lado foi ao extremo e se suicidou. Foi um grande presidente, diferente dos demais, mas achou que sua morte iria agregar mais para nosso destino do que sua renúncia. Estava certo, pois conseguiu que JK assumisse a presidência ao invés de algum liberal inepto como Carlos Lacerda ou cego como Eduardo Gomes.

Como o Bozo vai lidar com a questão da Meritocracia e do Bem de nossa Tribo?

Publicado por

Eduardo Giuliani

Empresário nos setores de agronegócio, bioenergia, venture capital e imobiliário. Trabalhou como consultor pela McKinsey & Co. e investidor pela Advent International. Iniciou estudos sobre crescimento econômico em 1994 com o Curso National Economic Strategies de Bruce R. Scott na Harvard Business School (Membro do U. S. Competitiveness Policy Council). Cursou System Dynamics no MIT. Liderou trabalho de produtividade em Telecomunicações e Construção no McKinsey Global Institute. Engenheiro de Produção pela Escola Politécnica da USP. MBA pela Harvard Business School. Tenente da Reserva do Exército. Casado. Três filhos. Tri-atleta.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s