O que você pode fazer pelo Brasil II – “Guerra Civil” Macro-econômica

Precisamos agir. Um Brasil melhor não vai cair do céu. Vou escrever sobre o contexto atual e os gargalos importantes para ação.

Inacreditavelmente a biruta perdeu o poder através de impeachment, apesar de mais de metade do Congresso estar amarrado pela Lava Jato. Iria claramente cair pelo TSE, mas a lentidão da impunidade do sistema jurídico foi ultrapassada pelo esforço político após 20 meses e R$2 trilhões de perdas econômicas. O Congresso apesar do Eduardo Cunha ganhou em resultado de 1 a 0 do STF do Lewandowski.

As manifestações intelectuais e pacíficas, somadas a iniciativas do sistema jurídico exemplificadas e ampliadas pelo Moro, estão criando o Deus Brasileiro, energia cósmica das boas iniciativas que transformam e evoluem nossas vidas. Precisamos esquecer o Deus Papai Noel que traz presentes para quem tem fé, paga dízimo e não faz nada, e acreditar mais no Deus Brasileiro formado por esta energia positiva de quem corre atrás para fazer o futuro que queremos. Cármen Lúcia no STF com Lewandowski fora é ainda mais energia para nosso Deus no gargalo extremo do sistema jurídico do foro privilegiado e da impunidade. Dias ainda melhores virão.

Nossa comunidade está em frangalhos. Desemprego de 11,6% (12 milhões de brasileiros), 10 milhões trabalhando na informalidade. Governo prevendo desemprego chegar a 14% e agindo consistentemente para isto (juros altos, câmbio valorizado, déficit nominal de 10%, liberalismo econômico irresponsável). Violência subindo progressivamente. Desindustrialização. Instabilidade política. Governo MT será cassado pelo TSE e sairá do poder em 6 meses. Mais da metade do Congresso enrolado com Lava Jato. Baderna econômica e política. Precisamos consertar a econômica primeiro.

Tenha em mente que este cenário não vai melhorar nos próximos 18 meses, só vai agravar. Com taxa de crescimento abaixo de 2% ao ano não estabilizamos o desemprego e este governo com déficit nominal da ordem de 10% até 2017 não prevê entregar nem isto.

O ajuste macro-econômico é fácil e rápido: câmbio com competitividade econômica internacional de R$8,7, juros moderados de 5% e déficit nominal de 2%. O desafio é convencer os tomadores de decisão da racionalidade destas medidas e você precisa estudar caso ainda não esteja convencido. Não tenha fé. Não acredite em mim. Estude nossos dados e textos. Pense com sua cabeça. Eu aposto metade de meu patrimônio e minha vida econômica depois de 30 anos de experiência. Invista alguns dias e aprofunde-se no tema.

Armado nosso Exército, vamos para a Guerra Civil Macro-Econômica:

  • Evoluir o debate na mídia Valor, Folha, Estado e Globo. Nosso Quarto Poder que viabilizou o impeachment.
  • Enfrentar a inépcia da equipe econômica
  • Enfrentar a inépcia ou má fé dos 9 membros do Copom

Eu sou um pequeno empresário e bloguista com poder bastante limitado. Acredito no Deus Brasileiro mas precisamos trazer mais Brasileiros para o jogo. Estamos perdendo de 9 a 1 para a China mas continuo em campo.

7 de setembro é Dia da Independência. Vamos levar nosso Brasil a sério?

 

Publicado por

Eduardo Giuliani

Edu é empresário nos setores de agronegócio, bioenergia, venture capital e imobiliário. Trabalhou como consultor pela McKinsey & Co. (1991-97) e investidor pela Advent International (1998-99). Iniciou estudos sobre crescimento econômico em 1994 com o Curso National Economic Strategies de Bruce R. Scott na Harvard Business School (Membro do U.S. Competitiveness Policy Council). Cursou System Dynamics no MIT (1994). Liderou trabalho de produtividade em Telecomunicações e Construção no McKinsey Global Institute (1997). Engenheiro de Produção pela Escola Politécnica da USP (1989). MBA pela Harvard Business School (1995). Tenente da Reserva do Exército (1985). Casado. Três filhos. Tri-atleta.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s