Forças Armadas Realinhando para o Progresso

Comandante Mourão avisou. A Verdade da situação atual é inegavelmente complicada. A solução virá através das Forças Armadas. Não vejo outra saída realista, ou melhor para o Brasil, ou mais consistente com a nossa História. Vamos combater os tabus e entender as vantagens desta evolução.

As Forças Armadas são a instituição brasileira com direito de portar armas. Qualquer brasileiro pode servir. Os melhores sobem na hierarquia e viram generais. Defendem a Ordem e o Progresso. O ponto de união, o principal valor compartilhado, é o amor à Pátria. Dão a vida para defender o Brasil e estão ardendo na situação atual. Corrupção ali não se sustenta. O soldado é armado. Se o líder for mau exemplo, vai acabar morto.

Foram as Forças Armadas que nos libertou de Portugal, nos evoluiu do Império organizando a República e impediu o desenvolvimento do comunismo. Ignorância querer comparar nossas Forças Armadas com o caso de Fidel em Cuba, Chaves na Venezuela e outros ilícitos e ineptos de países mundo afora. A Instituição aqui é um de nossos orgulhos nacionais e foi exatamente seu distanciamento do poder que permitiu esta baderna atual.

O que a Verdade (o Bem para a maioria dos Brasileiros) nos traz pela frente:

  • Destituir quase todo o Executivo, pelo menos 70% do Congresso e pelo menos 4 membros do STF
  • Tirar do mercado financeiro o controle sobre a política macro-econômica (juro e câmbio)
  • Balancear direitos e responsabilidades na Constituição
  • Acabar com estabilidade no emprego dos funcionários públicos e criar sistema de remuneração compatível com o setor privado
  • Balancear a previdência
  • Priorizar investimentos em infra-estrutura social para beneficiar todos os Brasileiros
  • Eliminar tráfico de drogas e privilégios das religiões, incluindo isenção tributária, envolvimento no Congresso e dinheiro na cueca.

Nossas leis não permitem este tipo de ajuste e não temos líder civil para o desafio. Mesmo o bom gestor Doria está de namoro com o ilícito MT, é filiado a partido quase totalmente corrompido e está amarrado com o status quo do empresariado oportunista, incluindo nesta lista banqueiros e certos pastores evangélicos.

A única solução independente que nos resta está nas Forças Armadas. O que devemos esperar deles desta vez:

  • Rápido afastamento e punição dos ilícitos
  • Planejamento ordenado e competente da economia nacional
  • Envolvimento democrático de toda a população na formação de novas lideranças políticas incluindo forte monitoramento na transição para evitar novo retrocesso

Publicado por

Eduardo Giuliani

Edu é empresário nos setores de agronegócio, bioenergia, venture capital e imobiliário. Trabalhou como consultor pela McKinsey & Co. (1991-97) e investidor pela Advent International (1998-99). Iniciou estudos sobre crescimento econômico em 1994 com o Curso National Economic Strategies de Bruce R. Scott na Harvard Business School (Membro do U.S. Competitiveness Policy Council). Cursou System Dynamics no MIT (1994). Liderou trabalho de produtividade em Telecomunicações e Construção no McKinsey Global Institute (1997). Engenheiro de Produção pela Escola Politécnica da USP (1989). MBA pela Harvard Business School (1995). Tenente da Reserva do Exército (1985). Casado. Três filhos. Tri-atleta.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s