O aumento dos juros e a Depressão do Brasil

Analisando os dados da economia brasileira de 2011 até hoje, observamos que a razão de termos entrado nesta depressão foi o aumento de juros a partir de 2013. Tabela Juros e Depressão. Dilma vinha conduzindo a economia com um déficit nominal aceitável até meados de 2013. Quando a inflação começou a subir um pouco entregou sua estratégia de baixar os juros para o “mercado”, subiu os juros, conteve demanda perdendo arrecadação e aumentou suas despesas detonando um processo de aumento agressivo do déficit nominal insustentável que colocou o Brasil em depressão econômica.

O mais perigoso de tudo isto é uma linha de economistas do mercado financeiro que sustentam que para sairmos da depressão precisamos aumentar os juros e abaixar o câmbio. Irresponsáveis.

Publicado por

Eduardo Giuliani

Edu é empresário nos setores de agronegócio, bioenergia, venture capital e imobiliário. Trabalhou como consultor pela McKinsey & Co. (1991-97) e investidor pela Advent International (1998-99). Iniciou estudos sobre crescimento econômico em 1994 com o Curso National Economic Strategies de Bruce R. Scott na Harvard Business School (Membro do U.S. Competitiveness Policy Council). Cursou System Dynamics no MIT (1994). Liderou trabalho de produtividade em Telecomunicações e Construção no McKinsey Global Institute (1997). Engenheiro de Produção pela Escola Politécnica da USP (1989). MBA pela Harvard Business School (1995). Tenente da Reserva do Exército (1985). Casado. Três filhos. Tri-atleta.

2 comentários em “O aumento dos juros e a Depressão do Brasil”

  1. Então Juliano! Esta é a receita do golpe! A Dilma, péssima presidente, personalidade fraca e frouxa, assim que reelegeu, procurou fazer o que o ” mercado” queria, aprofundando ainda mais esta situação.
    E não vai melhorar. Logo a frente, após o golpe, teremos Arminio Fraga, com sua política de baixar os salários ( na época do FHC eles nao passavam de U$ 50,00 ), destruindo a viabilidade de muitos negócios e o mercado interno, e aumentar ainda mais a taxa de juros ( quando ele foi ministro levou esta taxa a 45%).
    Mas, como ele mesmo ja falou, o Brasil foi planejado para isto! Ser um pais agro extrativista, e eu completo, com uma elite vassala e caipira que brinca de ser capitalista, mas na realidade so serve para administrar e não deixar o pais crescer e ser dos brasileiros de fato.
    Abço!

    Curtir

    1. Também tenho este medo na gestão dos juros. Quanto a elite e aos políticos temos o que temos. Precisamos consertar os incentivos. Este conserto é feito via governo dedicando os recursos para infra-estrutura social. Capitalismo é feito pelas elites que têm capital, contudo o governo deve incentivar a produção e não o rentismo, de maneira que esta elite seja constantemente reciclada pelos novos produtores (empreendedores).

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s